Jeorling J. Cordeiro Cleve nasceu em Guarapuava em 31 de julho de 1932, filho de Aloísio Guimarães Cleve e Henrique­ta Cordeiro Cleve. Casado com Dirce Doroti Merlin Cleve, é pai de quatro filhos. Estudou no Grupo Escolar Visconde de Guarapuava, no Colégio Nossa Senhora de Belém e no Gi­násio Estadual Professor Francisco Carneiro Martins, todos na cidade em que nasceu.

Formado pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná, em 1957, fi­xou-se após a formatura em Pitanga, cidade da qual é Cidadão Honorário e onde foi advogado, promotor público interino e professor. Em Pitanga, foi um dos responsáveis pela instalação e funcionamento do ginásio estadual, durante a década de sessenta do século passado.

Em 1966, mediante concurso público, ingressou na magistratura. Foi juiz substituto em Foz do Iguaçu, União da Vitória e Pato Branco. Como juiz de direito, exerceu suas ativi­dades profissionais em Piraí do Sul, Ivaiporã e Guarapuava. Promovido para a capital, foi titular das 3.ª e 11.ª Varas Cíveis. Ascendeu ao Tribunal de Alçada e, mais tarde, ao Tribunal de Justiça, como desembargador, atuando sempre na área cível.

Foi professor de Direito Processual Civil, na Escola Superior de Magistratura do Paraná. Produziu pesquisas históricas, como a descrita no livro Cel. Luiz Daniel Cleve – Memó­ria Histórica, sobre a vida de seu bisavô paterno, imigrante dinamarquês, quando da comemoração dos 150 anos da sua chegada ao porto de Paranaguá. Publicou também Povoamento de Guarapuava – Cronologia Histórica, em que se refere à conquista e a saga do povoamento do terceiro planalto paranaense, Pensamentos de Todos os Tem­pos – Lições de Sabedoria, em três volumes, e o opúsculo Antônio de Sá Camargo, Visconde de Guarapuava. Integrou a comissão que elaborou e fez publicar, em 2003, o livro O Poder Judiciário e a Emancipação Política do Paraná: Memória Histórica, em comemoração ao sesquicentenário paranaense.

É Cidadão Benemérito de Guarapuava, tendo recebido também Voto de Louvor conce­dido pela Câmara Municipal de Curitiba. Seu nome batiza o Núcleo de Práticas Jurídi­cas do Curso de Direito das Faculdades Unibrasil, em Curitiba, e do Centro Acadêmico do Curso de Direito das Faculdades Campo Real, de Guarapuava.

Faz parte do Centro de Letras do Paraná e é membro benemérito da Academia de Artes, Ciências e Letras de Guarapuava. Foi eleito em 26 de agosto de 2010 e recebido na APL por René Dotti, em 22 de fevereiro de 2011, em sessão solene do Instituto dos Advogados do Paraná. (VHJ)

Patrono: Fernando Machado Simas (1851-1916)
Fundador: Ernesto Luiz de Oliveira (1874-1938)
1.º Ocupante: Hugo Gutierrez Simas (1883-1941)
2.º Ocupante: Arthur Ferreira dos Santos (1894-1972)
3.º Ocupante: Odilon Túlio Vargas (1929-2008)